Você tem olhos para a arte na entrelinha da vida?

ImageMinha amiga arquiteta tem me ensinado a encontrar a beleza na arquitetura da cidade. E tenho olhado diferente por exemplo… As paredes pintadas do restaurante por quilo em que almoçava. As poltronas diferentes que vi em revistas de design e fotografei só para mostrar para mana designer de interiores. Fico registrando e comemorando as licenças poéticas, os encontros inesperados com a arte pela cidade Imagecinza. Clique! Você se sentaria numa dessas cadeirinhas? Para onde dariam estas janelas e porta tão estrategicamente colocadas pelas paredes de um simples quilo?
Outro lugar bom de se “refestelar” com a arte cotidiana é em Embu das Artes. As lojinhas, as barracas, os artistas, tudo cheira a arte e confirma o que diz Imageum professor de literatura: as melhores coisas da vida são inúteis. Verdade! Quer delicinhas melhores de se ganhar do que as da Imaginarium? Nada essencial. Uma mais legal que a outra. Nada mais brochante que ganhar um item de primeira necessidade rs
Vejo estas poltronas difentex e penso a quantas vai a cabeça de quem criou. Para onde iria a minha se não boicotasse meus ímpetos criativos que querem recriar meu exame de vista, fazer rack de TV com caixotes de feira ou os relicários com Buda que ainda tirarei aqui da minha cachola.

E você, o que gostaria de criar?

O que tem visto de irresistível pelo caminho? Fotografe!Image

Sempre que uma ideia passar, não deixe escapar. Ponha a mão na massa, na tinta, na dança, no palco – este aliás tem sido mais restaurador que qualquer outra coisa. Ainda que seja com projetos em ebulição, fervilhando, a caminho, no forno, gestando, remodelando.

O Nelson Rodrigues tinha razão quando dizia que se pusermos nossas doideiras no Imagepalco, elas não atrapalharão nossa vida. E como ele entendia disso com aqueles personagens!

Foi na parede da casa da minha mais nova amiga de infância que encontrei uma inspiração plástica para a cena teatral em que dirigi ela e outra amigona. O pessoal da facu nos colocou no pelourinho, mas também fui a única a trabalhar com não atores e a cena Da Bipolaridade Amorosa foi Imageparida, com sangue, suor e lágrimas… E com Klint no cenário, pelas mãos do artista plástico da minha vida rs

Espero que uma simples pintura, artesanato, design de interiores ou cena descompromissada te toquem como têm feito comigo. Hoje fotografei a flor do café. Numa noite em que ia estudar criação literária, não deixei escapar a flor que tornava o breu menos assustador. Estas belezuras estão aqui e ali, com tudo que temos direito, só não podemos deixar passar batido. Liberte-se da incapacidade patológica de ser feliz, que sempre procura no amanhã e perde a graça do hoje…

A bolsa da Frida que minha mãe odeia pq está caindo aos pedaços é responsável por amizades que faço pelas ruas – e só com gente inteligente, olha só rs Acho que nas fotos ela está mais bonita do que se retratava em suas pinturas – sinal de que não podemos confiar em nossos sentidos para nos perceber, especialmente se for uma mulher sempre achando que tem que emagrecer rs. Mas isso já é post do Mulherices

Só sei que ando precisando duma atelieterapia…
Image
ImageImageImage

Advertisements

~ by Francine Machado on August 23, 2013.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: